quarta-feira, novembro 26, 2008

Não é Apenas a Paixão pelo Bordalo...

Não é apenas a paixão por Rafael Bordalo Pinheiro, que torna a Isabel uma pessoa especial. Muito menos o facto de ser livreira, pelo menos no sentido comum da profissão.

O que a torna especial é o amor que tem às coisas da cultura, que tanto pode ser uma taça de louça artística, um desenho ou um livro.

A paixão pelos livros faz com que a sua livraria, cujo nome é tão vulgar ("107", imaginem só...), seja já um quase "ex-libris" das Caldas, por ser tão conhecida, pelo menos nos meios literários de Norte a Sul.
Sem a Isabel não existiam os "Cafés Literários", não havia a possibilidade de se escutarem as palavras sábias de tanto escritor, nem a possibilidade de se coleccionar os seus autógrafos (sim, que os livros são um objecto especial, com múltiplas funções, além da leitura...).

Por tudo isto (e por tantas outras coisas), obrigado Isabel, por teres escolhido as Caldas, para lhe dares "banhos" de cultura!

15 comentários:

Maria disse...

E não é que estou completamente de acordo contigo?
É uma livraria onde vou sempre que estou em Caldas. Este "malvado" vício...

Beijinho, Luís
(sem a Isabel não haveria Gato nas montras com livros!)

Anónimo disse...

Caro Luis

A Isabel é daquelas pessoas especiais. Aquele nº 107 é a porta de entrada e saída da cultura nesta cidade. Estou-lhe grato por muito... a sua visão tem uma amplitude que transcende este lugar pobre....Ensinou-me a lêr e a gostar do Bordalo....
Obrigado
Vitor Pires

Sophiamar disse...

Pelo que estou a ver quando passar pelas Caldas irei à 107. Imperdível! Obrigada, Luís! Obrigada, Isabel!

Beijinhos

gaivota disse...

olha luís, felizmente em caldas há "coisas" de se lhe tirar o chapéu! a 107 é uma delas, sempre somos um cantinho com vontade de aprender e interessados na cultura!
beijinhos

CNS disse...

Merecida homenagem, a essa porta 107, debruçada sobre a "Rua das Montras" e de olhos postos na cultura caldense.

uma abraço

as velas ardem ate ao fim disse...

Mas há muita paixão!

um bjo

Teresap disse...

A juntar a essas coisas mais de que falas, Luís, e que caracterizam a Isabel, há a generosidade com que partilha o seu saber e com que disponibiliza a rica bibliografia de que dispõe.

Teresap disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Luis Eme disse...

é um lugar de culto mesmo, Maria...

Luis Eme disse...

é verdade, Vitor.

graças aos seus artigos publicados na "gazeta", popularizou ainda mais o nosso Rafael...

Luis Eme disse...

fazes muito bem, Sophiamar.

Luis Eme disse...

sem dúvida, Gaivota.

e continua a resistir a todas as crises, felizmente.

Luis Eme disse...

mercida homenagem à Isabel que tornou famosa e bonita a porta 107, Cristina.

Luis Eme disse...

pois há, Velas. pelos livros, pela cultura...

Luis Eme disse...

a generosidade, a tenacidade e uma grande capacidade de sobrevivência, numa terra que trata muito mal a cultura, Teresa...