quinta-feira, julho 15, 2010

O Mar da Foz

Vou para o Sul, com saudades do Mar da Foz do Arelho.

Lá não existem ondas que se façam respeitar e escutar, mesmo pelos nadadores mais atrevidos, nem bandeiras vermelhas desfraldadas, quase diariamente. E nem falo do nevoeiro, que até dá para esperarmos pela chegada do D. Sebastião, em qualquer barca...


Este mar sonoro e mexido prolonga-se quase até à Figueira da Foz. Esta foto por exemplo, foi tirada na Praia Vieira.


8 comentários:

Maria disse...

Vou para o nosso mar amanhã, Luís...
Mesmo de bandeira vermelha, vou desafiá-lo.

Beijinho.

alice disse...

portugal tem praias maravilhosas! beijinhos, luís. continuação de óptimas férias :)

gaivota disse...

bandeira encarnada... e mesmo verde, o mar é para ser respeitado, sempre!
às vezes a coisa corre mal...
boas férias pelos algarves, por mim fico-me na minha praia, das mulheres de 7 (o tal número mágico) saias!
nos fins de agosto, voltarei aos açores...
beijinhos

Luis Eme disse...

eu também gosto dele, mesmo com bandeira vermelha, Maria...

Luis Eme disse...

é uma das nossas riquezas, Alice.

Luis Eme disse...

e ficas bem, embora o movimento seja demasiado, nesta época, na tua cidade, Gaivota...

Fernando Antolin disse...

Ah, saudades de Santa Cruz...

Luis Eme disse...

outro mar do Oeste, daqueles com ondas, Fernando...