segunda-feira, julho 15, 2013

Uma Cidade "Pintalgada"


Uma Cidade que começa a ser conhecida pelos seus "graffites", não é de certeza um lugar dos mais agradáveis para o nosso olhar, porque uma percentagem significativa destas "pinturas", não passam de "insultos" para a própria Arte.

Mas talvez a "corte" do doutor Costa ache mais piada a esta vertente artística, que à Termal...

Acho que o facto de termos uma Escola Superior de Arte, não significa que se deva espalhar "arte" (de gosto duvidoso) em todos os quarteirões...

Vale a pena passar pelas "Águas Mornas" do Zé Ventura e ler uma opinião externa...

4 comentários:

Zé Ventura disse...

Este vandalismo não tem a ver com a escola de artes. A policia tem estes marginais identificados mas por várias razões faz muito pouco.

Luis Eme disse...

eu sei, Zé.

mas é um exagero, mesmo das pinturas que achamos piada.

era preferível escolherem um espaço na cidade para expressarem este género artístico.

porque não criarem um quarteirão para estas manifestações (as artísticas), com galerias e bares para os jovens?

Cris Caetano disse...

Eu sei que por aqui, os que andam no graffiti há tempos, costumam pedir autorização para a sua arte antes de fazê-la. O Governo de S.Paulo andou cometendo umas barbaridades, apagou vários graffitis dos Gêmeos.

Beijos, Luis

Luis Eme disse...

eu acho que deviam existir locais para eles deixarem a sua marca e não em qualquer rua ou prédio, Cris.