sábado, novembro 03, 2007

As Asas São Para Voar em Liberdade

Nunca gostei de ver pássaros presos em gaiolas...
Isso acontece desde a minha infância.
Além destes objectos repugnantes serem as coisas mais parecidas com prisões, sempre olhei as aves como os seres mais livres do mundo, graças às suas asas, capazes de as levarem para lugares longínquos...
O meu filho gostava de ter um animal de estimação e já falou de pássaros. Claro que não lhe vou satisfazer este pedido.
Continuo a não gostar de ver pássaros presos em gaiolas...
É tão bonito o voar dos pássaros...
É por isso, que às vezes gostava de ter asas, de voar por aí...

28 comentários:

Maria P. disse...

Entendo-te muito bem.

Beijinho.

lucia p. disse...

Não suporto ver nenhum animal preso. Mas com os pássaros é pior.

Não consigo perceber o gozo de se ter uma ave de qualquer espécie engaiolada.

Talvez sejamos estranhos, Luís.

acordomar disse...

Pois é... continua-se a prender uns, para encantamento de muitos..

Uma beijoca*

Cris Caetano disse...

Comungo da mesma opinião com o agravante de ter convivido com passarinhos presos porque meu pai tinha o péssimo hábito de tê-los. E os caçava no sítio com visgo (um horror!). Quando cresci pude "fazer a cabeça" de minha mãe e a tortura acabou lá em casa.
Beijinhos

isabel victor disse...

livres.livres.livres

a ilusão dos voos...

livres

abraço

as velas ardem ate ao fim disse...

Tb me custa muito ver gaiolas com passaros.amo a liberdade.

bjinho

Rosa dos Ventos disse...

E voas!

Abraço

Kalinka disse...

OLÁ LUÍS

Se por acaso acompanhou o meu alfabeto, precisamente na letra A, falei das asas...como gostaria de ter asas e poder voar!!!

Para os Amigos bloguistas que me visitam, segue a informação adicional:
O Festival vai até ao dia 1º de Dezembro;o encerramento é neste dia, é representada a peça da casa: A Farsa de Mestre Pathelin - encenada por Manuel Ramos Costa, dirigida a um público adulto.
Quem viver no Norte do País e estiver interessado é só visitar o site:
www.contactovar.com

BEIJITOS.
Hoje tirei umas horitas para fazer uma visita, pois ando atrasadissima com as visitas aos blogues dos Amigos.

Ze Ventura disse...

para mim pássaros engaiolados....só as "Águias"

Ida disse...

Adorei o título do post, que, não sei se de propósito ou por acaso, é uma frase da música do GNR feita para um filme de tv, já antigo, "Amo-te Teresa", e diz isso mesmo, asas são para libertar, e não podem mesmo ficar impedidas de exercer sua função primeira.

Lamento pelo menino, mas concordo contigo, será que ele não se encanta com peixinhos ou com gatos??? Ou os dois??? Ias ter diversão em casa, na certa!

Beijinhos e bom fim de semana!

Sininho disse...

Uma dica para o teu filho:
Arranja-lhe um cágado...
Quando os meus filhos eram pequenos tive 5 cágados em casa e não chateavam nada.
No Inverno hibernam e no tempo quente andam à vontade e não sujam.
Também não temos de os levar à rua, nem limpar o caixote.
Só mudar a água de vez em quando.
Eles gostam de passear pela casa e os miúdos acham piada.
Os nossos acompanhavam-nos nas férias, dentro de um balde.
Um dia, enchemo-nos de bons sentimentos e fomos deitá-los a uma lagoa, no Algarve, onde espero que tenham vivio felizes muitos anos...

Abraço

Pitanga disse...

Concordo com a Ida. Um aquário cheio de peixinhos dourados no seu habitat. Agora, cai entre nós...dá um trabalho!

abraços Luis

isabel mendes ferreira disse...

e deixo um abraço. leve. esvoaçante. rumo à liberdade. que deveria ser um bem colectivo.

___________________

obrigada Luis pelas palavras na Hora Tardia.


bom fim de semana.

samuel disse...

Se "com arte" mostrar ao seu filhote que ao desistir de ser dono de um pássaro preso poderá ser amigo de milhões de pássaros livres, a coisa compõe-se...

Luis Eme disse...

Eu sei Maria P...

Luis Eme disse...

À boa maneira portuguesa, apeteceu-me dizer que há coisas piores, Lúcia...

e logo que detesto gaiolas e escrevi este "post".

Aparece mais vezes.

Luis Eme disse...

É mesmo isso Cor do Mar...

a habitual lei dos desiquilibrios...

Luis Eme disse...

Os únicos pássaros que o meu pai teve foram pombos, mas eles embora tivessem gaiola, andavam à vontade, Cris...

Sujavam tanto o quintal que acabaram "rifados"....

Luis Eme disse...

a ilusão dos voos, livres, sempre livres, Isabel...

Luis Eme disse...

Penso como tu, "Velas", também é um caso de amor à liberdade...

Luis Eme disse...

Voo mas baixinho, Rosa...

Luis Eme disse...

Claro que acompanhei, Kalinka...

Luis Eme disse...

Lagarto, lagarto, Zé Ventura...

Luis Eme disse...

Gatos tem os da avó... peixinhos já falou nisso, mas os periodos de férias, demoveram-no, Ida...

Luis Eme disse...

Essa do cágado é gira, mas ele ainda não falou nesse género de animais, pelo que não lhe vou dar ideias, Sininho...

Luis Eme disse...

Eu sei, Pitanga, num dos lugares onde trabalhei tinhamos um aquário grandito e se dava trabalho.

Precisamos de ter cuidados, para que eles tenham "qualidade de vida" e não sejam encontrados a boiar na manhã seguinte...

Luis Eme disse...

Pois devia Isabel...

sem qualquer tipo de condicionalismo.

Luis Eme disse...

Mais uma boa dica, Samuel...

Sim e ele gosta muitos dos campos e da bicharada... pelo que compreende, que as asas são mesmo para voar e não para estarem fechadas numa gaiola...