domingo, outubro 16, 2022

Esteve Quase...


Podia parecer uma coisa "impossível", mas depois do que se passou no Campo da Mata, mais de 120 minutos depois, com o jogo empatado, percebeu-se que a vitória estava logo depois da esquina. 

Bastava existir "sorte", e o Caldas ser a equipa bafejada pela "lotaria" das grandes penalidades.

Pois é, esteve mesmo quase...

Grande Caldas! Grande exemplo de tenacidade daqueles jogadores, que nem sequer são profissionais, mas quiseram fazer história. E grande José Vala (que bom que é o autocarro só servir para transportar a equipa...).

Foi pena não ter havido "Taça" nas Caldas. Foi pena não termos ontem a felicidade que o Varzim teve hoje (entre outras sete equipas de escalões inferiores que eliminaram primodivisionários)...

(Fotografia de Luís Eme - a partir da televisão)


sábado, outubro 15, 2022

E Se o Caldas Ganhasse ao Benfica?


Embora seja benfiquista, gostava bastante que acontecesse Taça, daqui a menos de duas horas, no Campo da Mata.

Sim, já que o Benfica tem de perder, um dia destes (não há invencíveis...), era bom que fosse o Caldas a quebrar este excelente ciclo encarnado, em todas as frentes.

O Caldas continua a ser especial, por várias razões. Além de ter jogado nas suas camadas jovens (iniciados e juvenis), foi o primeiro clube que vi jogar ao vivo, com seis, sete anos, de mão dada com o meu pai.

Curiosamente ou não, o Caldas é único clube desportivo do qual tenho um cachecol...

E por tudo isto, vamos embora Caldas! 

(Fotografia de João Miguel - Almada)


sexta-feira, outubro 14, 2022

Festa nas Caldas com o Caldas


Amanhã vai ser uma festa nas Caldas, com a visita do Benfica, para mais uma jornada da Taça de Portugal, de boas memórias para os caldenses, nos últimos anos.

Desta vez nem sequer pensei em "chatear" o meu irmão para tentar arranjar bilhetes para o jogo.

E fiz bem. Quando li o que o presidente do clube, o Jorge Reis (companheiro de futeboladas na nossa adolescência...) disse ao jornal "A Bola", percebi e aceitei muito bem os seus argumentos.

A primazia vai para os sócios. Acho que sim, teoricamente são quem sente mais a "camisola" do Caldas e quem ajuda o clube a sobreviver ao longo dos anos.

Só me resta esperar que seja uma bela jornada de futebol (o prognóstico fica para amanhã...).

(Fotografia de Luís Eme - Caldas)


terça-feira, setembro 13, 2022

Memórias das Vindimas (sem imagens)


Com a queda destas primeiras chuvas, neste Setembro que já vai a meio, lembrei-me das vindimas, que fizeram parte integrante da minha meninice, adolescência e começo de idade adulta.

Tudo o que faz parte deste trabalho agrícola colectivo continua a ser uma boa memória para mim, até mesmo as viagens acidentadas na direcção do Vale da Moira e do Arneiro. Sim, as vinhas do avô ficavam em locais cujos acessos eram extremamente complicados, pelo desnível e pelo mau estado daqueles caminhos. 

A vinha cujo trajecto era mais difícil ficava no Vale da Moira. Depois de sairmos da estrada principal, que ligava as Caldas a Santa Catarina, ainda antes das Trabalhias, apanhávamos um caminho plano e calmo. As coias só se complicavam quando chegámos a uma "linha de água" que fazia parte do caminho e  com o cheiro a Inverno se transformava num autêntico pantanal, ao ponto da parelha de bois e o carro ficarem com as patas e as rodas soterradas. O avô fazia o papel de um "picador" das touradas, usando a vara que tinha na ponta um bico afiado no lombo dos dois animais e fazia com que eles não ficassem imobilizados naquele terreno movediço. O pai e os tios ajudavam no que podiam, eu e o meu irmão víamos aquele "filme" de camarote... Aquela luta quase titânica durava três quatro minutos intermináveis. Mas o pior ainda estava para vir, quando o carro descesse até ao Vale, com a tina carregada de uvas...

Felizmente nunca aconteceu nenhum acidente, embora por vezes se perdesse uma ou outra bota no meio daquele lamaçal.

Lá estou eu a alongar-me nas minhas deambulações pela memória, quando apenas queria dizer que não existe nenhum registo fotográfico destas aventuras. Se fosse hoje sei que não perdia a oportunidade de fotografar toda esta viagem, assim como o ambiente festivo das vindimas...

Texto publicado inicialmente no Largo da Memória.

(Fotografia de Luís Eme - Sobreda)


sábado, junho 11, 2022

João Pereira Vence Taça da Europa


Até parece que as "Viagens" se tornaram um blogue desportivo...

Como estou mais afastado das Caldas (faço visitas de médico quase apenas para almoçar com a minha mãe e o meu irmão...), acabam por ser as notícias nacionais que mais me ligam ao Oeste e à minha Cidade Natal.

Claro que houve uma notícia triste sobre a morte de um recém-nascido no Hospital das Caldas, a passar nos telejornais. Mas por falta de dados e não querer encontrar culpados onde podem nem sequer existir, prefiro que este blogue seja desportivo.

E é por isso que enalteço a vitória do nosso João Pereira no triatlo da Taça do Mundo, que se realizou hoje, em Coimbra.

(Fotografia do Site de A Bola)


sábado, maio 14, 2022

Grande Caldas! (repetição mais que merecida)


Há sempre  vários motivos para nos orgulharmos de sermos caldenses.

É por isso que transcrevo, com a devida vénia, esta notícia do site de "A Bola":

«O Caldas é o vencedor do Prémio Ranking Puro Futebol, ao destacar-se durante a época na Liga 3 no que diz respeito ao valores de desportivismo, fair play, respeito e paixão pelo jogo.

 

A formação das Caldas da Rainha terminou este prémio com 1165 pontos, seguido do UD Leiria, com 1155 pontos. A fechar o pódio ficou o Sporting, com 1112 pontos.

 

Os três prémios - Ouro, Prata e Bronze – foram entregues na Cidade do Futebol, antes da final da Liga 3, no Estádio Nacional, na presença de dirigentes, treinadores e capitães dos 24 clubes que participaram na competição.

 

O Ranking Puro Futebol tem como objetivo promover uma atitude e um comportamento positivo entre todos os agentes desportivos e espectadores envolvidos na competição, reiterando princípios como o respeito, cumplicidade, solidariedade e a integração.»

Este é mais um deles.

Grande Caldas!

(Fotografia de Luís Eme - Caldas da Rainha)


segunda-feira, abril 18, 2022

As Teimosias Parvas...


Não tenho tanto tempo disponível, nem muito assunto, para escrever com mais assiduidade aqui nas "Viagens".

Claro que poderia continuar a falar do Caldas, que tem sido um prazer ver no canal 11. Tem um futebol vistoso, bem ligado, que faz inveja a muitas equipas de escalões superiores. No meu entender só falta um "matador". Com esse tal avançado com fome de golos, tenho a certeza que a equipa estava a disputar a subida, com equipas com o dobro e o triplo do seu orçamento.

E também podia falar do João Almeida, que continua a demonstrar, que depois de Joaquim Agostinho, é o único ciclista com clara dimensão internacional.

Mas eu queria era falar da minha "teimosia parva", da forma como deixei de ser assinante da "Gazeta das Caldas", que me aproximava mais da Cidade onde cresci e me fiz quase homem. Se existisse mais sensibilidade deste semanário, para quem era assinante há mais de três décadas e que se esquecera de renovar a assinatura e ficara à espera de novo aviso (como tinha acontecido tantas vezes...), sei que escreveria mais por aqui.

Mas como bom teimoso que sou, não quis voltar a ser assinante...

(Fotografia de Luís Eme - Caldas da Rainha)


domingo, novembro 21, 2021

"Grande Caldas!"


O Caldas Sport Clube continua a praticar um futebol agradável, como foi possível ver hoje no jogo da Taça de Portugal com o Belenenses SAD, em que perdeu por 5-3 (o último golo é completamente contra a corrente do jogo em que o Caldas tentava empatar e o Belenenses defendia a sua vantagem mínima de apenas um golo.

O Caldas perdeu, mas houve Taça no Campo da Mata.

Gosto ainda mais de gostar do Caldas com este treinador, estes jogadores e estes dirigentes.

É caso para dizer: "Grande Caldas!"

(Fotografia de autor desconhecido - retirada do site de o "Record")


domingo, outubro 31, 2021

As (outras) Estátuas da Rainha D. Leonor


O jornalista Gonçalo Pereira Rosa publica no seu blogue, "Ecosfera", excelentes documentos históricos.

O último foi sobre o Concurso Caldense que decorreu em 1930, para a execução de uma escultura que homenageasse a Rainha D. Leonor de Lencastre, que fundou as nossas Caldas da Rainha.

Pois é, além da conhecida estátua da autoria de Francisco Franco, colocada numa das entradas da Cidade, houve mais alguns projectos interessantes, tal como alguma polémica, como costuma acontecer nos concursos. 

É por isso que vos convido a ler as palavras do Gonçalo, no seu "Ecosfera".

(Fotografia de Luís Eme - Caldas da Rainha)


segunda-feira, setembro 27, 2021

E Não é que "Mudou"? (boa!)


Este é o último parágrafo do texto que publiquei hoje no meu "Largo":

«E as minhas últimas palavras vão para o "Vamos Mudar", o movimento independente que conseguiu "roubar" o Município das Caldas ao PSD (37 anos de governação laranja de tão má memória, sem tirar qualquer partido da beleza da Cidade e das suas potencialidades comerciais e turísticas, especialmente das termas, que foram em tempos tão afamadas). Só desejo que consigam fazer das Caldas da Rainha um lugar mais agradável para se viver e para se visitar.»

(Fotografia de Luís Eme - Caldas da Rainha)


segunda-feira, setembro 20, 2021

"Vamos Mudar"


Embora não vote nas Caldas, sei que se votasse, votaria na mudança, ou seja, no movimento "Vamos Mudar".

Até porque tenho muitas dúvidas que todos aqueles que se mantêm durante décadas no poder (como é o caso do PSD no Concelho das Caldas), sem oposições atentas e fortes, continuem a governar seguindo os princípios democráticos. 

Estão sim, cada vez mais apegados do poder, que procuram manter a qualquer preço...


sábado, setembro 18, 2021

Depois da Vencer a Volta à Polónia, João Almeida Vence a Volta ao Luxemburgo


Quem passar por aqui até fica a pensar que este blogue tornou-se de ciclismo.

Mas não posso deixar de felicitar, mais uma vez, o João Almeida, que venceu hoje a Volta ao Luxemburgo.

Que grande campeão!

(Fotografia de autor desconhecido)